12 dicas para liderar uma equipe e melhorar a gestão de pessoas

Não tem como fugir: o sucesso de uma empresa está intimamente ligado a uma administração enxuta, eficiente e, principalmente, humanizada. Para tanto, é preciso contar com profissionais realmente preparados nos cargos de liderança. Ao mesmo tempo, as práticas voltadas à gestão de pessoas, com foco no capital humano, ganharam uma enorme importância no universo corporativo.

É preciso, portanto, desenvolver capacidade de planejamento e realização, poder de decisão e visão estratégica, além de demonstrar competências comportamentais, como comunicação interpessoal, equilíbrio emocional, humildade, resiliência e engajamento. Todas essas características fazem parte do perfil de um líder de alta performance, apto a formar equipes fortes, talentosas e verdadeiramente motivadas.

Pronto para começar esse investimento em si mesmo desde já, tomando as rédeas de suas próprias competências? Então confira agora mesmo algumas dicas de como liderar uma equipe com foco nas pessoas!

Cuide do planejamento estratégico

O planejamento estratégico é o que sustenta a definição de metas e o que guia os trabalhos dos times. Por isso, deve ser periodicamente revisado, para que permaneça alinhado à realidade  do mercado e ao cenário econômico em geral. Muitas vezes, também é preciso incluir planos de contingência e novos projetos, garantindo a coerência de todas ações e decisões que envolvem os colaboradores.

Invista em atualização e aperfeiçoamento

Atualização e aperfeiçoamento contínuo são indispensáveis para um líder. Assim sendo, é preciso investir em cursos, leituras e pesquisas que permitam um entendimento mais amplo sobre todas as variáveis que influenciam o negócio. Vale lembrar que o mercado e a sociedade se transformam constantemente, mudanças provocadas principalmente pelo avanço da tecnologia e pelo surgimento de novas demandas. É essencial estar atento e preparado para enfrentar todos os desafios.

Aprenda a gerenciar crises

Como todas as empresas eventualmente vivem momentos de crise, gerados por fatores internos ou externos, saber gerenciar essas turbulências é uma habilidade extremamente importante para os líderes. Afinal, uma das principais obrigações dos gestores é garantir os resultados, evitando prejuízos, perdas, ameaças e danos à imagem corporativa. E para gerenciar crises é preciso conhecimento, experiência, criatividade e, em especial, senso de oportunidade. Características como persuasão, coragem e predisposição para a mediação de conflitos também devem ser aprimoradas, já que são bastante exigidas no dia a dia.

Preveja riscos e enxergue à frente

O líder compreende o mercado, os concorrentes e os impactos causados por fatores socioeconômicos. A análise de todas essas informações garante uma visão sistêmica e a longo prazo, imprescindível para a elaboração de um planejamento robusto e consistente, livre de superficialidades e imediatismos. Assim, é possível evitar decisões equivocadas, que podem comprometer a própria competitividade do negócio. Nesse contexto entram questões relevantes, como a definição de prioridades e a aprovação de investimentos. Ao compartilhar essa visão com a equipe, o líder demonstra domínio sobre a situação, tranquiliza seus liderados e consegue conquistar o respeito e a admiração da maioria.

Seja um bom comunicador

A qualidade da comunicação é um dos componentes básicos de uma gestão eficiente, cabendo ao líder ser um ótimo comunicador. Nesse caso, pode ser uma boa ideia explorar as soluções tecnológicas — como aplicativos de mensagem, e-mails, plataformas e redes sociais corporativas. Mas atenção: é preciso evitar a total virtualização da comunicação. As reuniões também são essenciais para o desempenho do time, servindo para esclarecer dúvidas, estabelecer prioridades e, principalmente, para incentivar a integração. A definição e o monitoramento das metas individuais e coletivas também faz parte desse sistema de comunicação entre líder e liderados.

Evite adiar a tomada de decisões

A capacidade de tomar decisões com agilidade e segurança está entre as mais importantes competências de um líder — especialmente, diante de acontecimentos inesperados ou da necessidade de alterações bruscas no planejamento original. É claro que essas decisões precisam estar embasadas em fatos e dados, mas é fundamental evitar a procrastinação. Essa postura garante mais dinâmica aos processos internos e ainda permite que quaisquer problemas sejam corrigidos rapidamente.

Delegue responsabilidades

A delegação é uma das principais práticas voltadas à gestão de pessoas, pois contribui para o amadurecimento profissional da equipe. Com isso, os colaboradores podem aperfeiçoar habilidades e adquirir experiência. Mas a delegação precisa estar baseada na meritocracia, além de também considerar os limites de atuação, a função e a senioridade dos colaboradores. De toda forma, o líder deve acompanhar, orientar e apoiar a realização das tarefas, a fim de que todos consigam atingir os resultados previstos. Dessa maneira, o gestor abandona de vez o microgerenciamento, passando a se dedicar a atividades mais complexas e relevantes para o negócio.

Incentive a participação e a colaboração

O líder também incentiva a participação do time, abrindo espaço para a troca de ideias, sugestões e opiniões. Em conjunto, é mais fácil encontrar alternativas para a otimização de processos, a redução de custos, a fidelização de clientes e o desenvolvimento de novos produtos e serviços. Paralelamente, a colaboração, a coletividade e a complementaridade de talentos e habilidades devem ser reforçadas no cotidiano das equipes.

Lance mão do feedbacks

Como o feedback é uma importante ferramenta de gestão de pessoas, deve ser usado em todos os níveis hierárquicos da empresa. Por meio de conversas objetivas e estruturadas, baseadas em acontecimentos reais, o líder pode elogiar o bom trabalho e corrigir falhas. Esse é o momento ideal para a elaboração de um plano de desenvolvimento individual, sempre com a intenção de promover o crescimento do profissional. É preciso lembrar que o feedback precisa ser programado, fazendo parte da avaliação de desempenho, mas também pode ser imediato, de acordo com os resultados obtidos e a postura do funcionário.

Identifique e desenvolva os talentos

Identificar talentos é mais uma das importantes missões dos líderes de alta performance. Para tanto, é fundamental conhecer cada membro da equipe, suas habilidades, vocações, ambições e deficiências. Os testes de perfil comportamental podem contribuir muito para esse tipo de análise. Mas também é necessário monitorar o rendimento e a evolução dos profissionais. Com base nesse diagnóstico, o líder pode definir e preparar sucessores.

Comemore e recompense

A motivação e o reconhecimento são componentes imprescindíveis para a boa gestão de pessoas. A entrega de projetos, o aumento nas vendas e o fechamento de novos contratos merecem uma comemoração especial. Aliás, o ideal é que esses eventos estejam previstos nas políticas internas. Os sistemas de recompensa também podem ser aplicados, criando uma relação direta entre rendimento e premiação.

Faça pesquisas de clima organizacional

A pesquisa de clima organizacional é muito útil para mensurar a eficiência das práticas adotadas pela empresa. Por meio de respostas dadas pelos colaboradores a diversas questões (como condições de trabalho, relacionamento com o gestor, remuneração e oportunidades de crescimento), é possível confirmar os níveis de satisfação e engajamento das equipes. Desse modo, o líder pode providenciar os ajustes necessários, com a finalidade de garantir a motivação e o comprometimento de todos.

Com essas dicas, fica mais fácil liderar a equipe, melhorar a gestão de pessoas e, ao mesmo tempo, alavancar a produtividade! E se quiser saber mais sobre liderança, gestão de pessoas e alta performance, assine já a nossa newsletter!

 

2 Comentários

  1. Marciasays:

    Boa noite !
    Gostei muito das dicas .vou tentar colocalas em prática. Obrigado.

    • Isadora Gontijosays:

      Márcia,
      Agradecemos seu elogio. Você pode assinar nossa Newsletter e quinzenalmente enviaremos outros posts do Blog que poderão servir para ampliar seu conhecimento na área de Liderança.

      Em caso de dúvidas estamos à disposição.

      Isadora Gontijo – Fundação Dom Cabral

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"