9 motivos que comprovam que o curso de graduação não é suficiente

Está cansado de ouvir que o tempo em que só a faculdade já fazia diferença ficou no passado? Mas por mais que seja repetitivo, o clichê mais famoso do mercado traz nas entrelinhas a interpretação (correta) de uma mudança social profunda, que demanda proatividade e ambição de quem já se formou e está entregue à força da acomodação.

De fato, ter apenas um curso de graduação definitivamente não enche os olhos de nenhum headhunter. E, na verdade, o problema vai além disso. Você vai entender agora por que precisa sair da inércia e fazer uma pós-graduação com urgência, antes que o darwinismo corporativo o empurre para fora do mercado! Acompanhe!

Excesso de bacharéis no mercado

Começando com um princípio básico da economia: o excesso de demanda transforma o nível de oferta. E, no caso de educação, não poderia ser diferente. Impulsionada principalmente por programas governamentais de bolsas, financiamentos públicos e privados, a quantidade de brasileiros matriculada em cursos de Ensino Superior aumentou bastante de alguns anos para cá. Com isso, é claro que a quantidade de novos diplomados só poderia crescer, acabando por inflacionar o mercado.

Como resultado, vemos a homogeneização da população economicamente ativa, o que dificulta a diferenciação do currículo. Na prática, porém, os recrutadores continuam em busca de quem tenha aquele algo a mais, seja no universo acadêmico, no conhecimento de mundo ou nas experiências profissionais. Nesse cenário, a pós-graduação passou a ser sistematicamente exigida como requisito básico no preenchimento da maioria dos cargos de nível superior.

Assim, se você pensava que sua jornada de estudos seria página completamente virada no momento da colação de grau, certamente precisará rever seus conceitos. Pense bem: chancelar seu currículo com o know-how adquirido na educação executiva é um diferencial e tanto.

Diferenças salariais nítidas

Feito há alguns anos, um levantamento com base em dados da Catho indicou que quem tem uma especialização, um MBA, um mestrado ou um doutorado pode elevar sua remuneração em até 70% em relação a quem tem apenas a graduação completa. E acredite: em algumas profissões, a diferença chega a 200%!

Oportunidade incrível de atualização

Em um mundo em que a única constante é, na verdade, a mudança permanente, é simplesmente inviável pensar que estudo tem hora para acabar. Embora soe como mais um clichê, permanecer sempre em contato acadêmico com sua área o manterá atualizado em relação a novas técnicas, estratégias de mercado, abordagens e tecnologias. Fazer uma pós-graduação garante que você seja um novo profissional diariamente. Lembre-se de que um dos mantras do mundo dos negócios é reciclar seus conhecimentos permanentemente.

Ganho de expertise

Em geral, os cursos de graduação possuem uma grade curricular extensa e bem variada, oferecendo ao estudante um conhecimento mais amplo sobre a área escolhida. Já a pós-graduação é uma oportunidade valiosa para migrar do saber genérico para a especialização, aprofundando seu know-how em determinada perspectiva do mercado.

Para ficar mais claro, pense: a graduação em Administração de Empresas não oferece o background específico para que o profissional aprenda a lidar profundamente com marketing, gestão de pessoas, projetos e finanças, competências que certamente serão exigidas em nível de expertise durante sua carreira. A rápida (e resumida) visita a essas disciplinas feita na graduação resulta em um gap de habilidades que fará falta no competitivo mercado de trabalho, em que oportunidades de entrada e promoção são reservadas apenas aos mais preparados e versáteis.

Essa lacuna pode ser suprida com uma especialização em gestão, que trabalhará competências comportamentais, técnicas e práticas para o desenvolvimento de um líder de excelência, pronto para lidar com os múltiplos desafios do mercado. Nesses cursos, além da abordagem nas áreas de finanças, marketing e mercados, negócios, pessoas e projetos, o profissional poderá enfatizar uma ou outra disciplina, flexibilizando o conteúdo de acordo com suas necessidades.

Destaque no mercado e crescimento profissional

Só de alguma pós-graduação estar em curso já dá para entender que a acomodação não tomou conta da vida daquele profissional. E a imagem passada por essa busca do aprimoramento dos conhecimentos é extremamente positiva dentro do ambiente empresarial.

O aprofundamento acadêmico e corporativo facilita promoções, viabiliza aumentos salariais e designação para novos projetos, por exemplo, dentre outros diversos canais de ascensão. E para quem está fora do mercado, uma pós-graduação se torna ainda mais essencial, pois demonstra versatilidade, conhecimentos aprofundados e ambição profissional.

Qualificação do networking

O que você acha de ter aulas com executivos de renome ou, diferentemente dos tempos de graduação, ter colegas de classe já consolidados no mercado, atuando em grandes empresas e multinacionais? Esse é o ambiente de uma pós-graduação, local de formação e ampliação de um networking qualificado que, em muitos casos, acaba rendendo indicações e oportunidades inestimáveis.

Quem tem consciência da importância de conquistar uma boa rede de contatos, mas não sabe exatamente como penetrar nesse mundo muitas vezes tido como fechado, tem aí mais um motivo relevante para pensar na educação executiva.

Simulação do ambiente de negócio

Um dos grandes diferenciais de um programa de pós-graduação está na conciliação de uma base sólida conceitual e simulações do efetivo ambiente de negócio, visando dar ao estudante uma vivência mais forte do dia a dia das grandes empresas. A graduação costuma, pelas peculiaridades de um curso de formação inicial, ser inevitavelmente um pouco mais teórica.

Nesse sentido, um programa de pós-graduação de excelência objetiva formar profissionais com capacidade de liderar, atuar sob pressão, expor seus pontos de vista em público de forma persuasiva, tomar decisões estratégicas com rapidez, inovar e se adaptar a situações diferentes, além de gerenciar ambientes complexos e em constante mutação.

Atuação em áreas diferentes

Em uma especialização em Gestão, por exemplo, você terá a oportunidade de escolher parte de sua grade curricular, tendo contato com assuntos diferentes do que possivelmente você estudou em sua graduação (tais como Finanças, Marketing e Mercados, Negócios, Pessoas e Projetos).

Essa diversificação de conhecimentos irá prover a você uma visão mais sistêmica do mundo dos negócios, versatilidade que costuma ser a porta de entrada para promoções ou atuações em outras áreas.

Auxílio na consolidação profissional

Programas de gestão de carreira que acompanham o participante, possibilidade de fazer um módulo internacional focado em inovação e empreendedorismo, integração com empresas de grande porte e atividades voltadas ao ambiente prático do mundo dos negócios: algumas instituições de relevância nacional em educação executiva oferecem todos esses recursos, os quais, evidentemente, ajudam a lapidar o profissional para se tornar um grande executivo. Que tal se preparar para os desafios que o mercado impõe?

A aquisição desse conjunto de conhecimentos (teóricos e práticos) costuma ser o limiar que separa os profissionais comuns dos grandes talentos desejados pelo mundo dos negócios. Mais uma vez, não custa lembrar que o sucesso está diretamente ligado ao aprimoramento constante.

Você já percebeu que o curso de graduação é apenas o primeiro passo do caminho rumo ao sucesso na carreira, certo? O que acha de continuar este bate-papo, mas agora de uma maneira mais personalizada? Entre em contato conosco para que nossos especialistas o ajudem a cruzar seu perfil com as melhores opções em educação executiva do mercado!

 

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"