Como inovar na sua empresa: 6 dicas importantes

Há algumas gerações, as empresas que dominavam o mercado eram aquelas com maior patrimônio material, que conseguiam se destacar por sua alta capacidade de produção. Hoje, porém, o que domina é a inovação. Como a maioria das empresas não tem tanta dificuldade para obter máquinas e produzir, os consumidores têm muito mais opções disponíveis. Nesse cenário, o que diferencia uma marca de outra são as ideias, os conceitos.

Dentro dessa nova dinâmica, as expectativas das empresas em relação a seus colaboradores também mudaram. Antes, um bom funcionário era aquele capaz de executar suas tarefas de maneira produtiva, sem causar problemas. Agora, no entanto, as empresas valorizam mais aqueles profissionais que sabem como inovar, que pensam fora da caixa e ajudam o negócio a ultrapassar seus concorrentes.

Neste post, vamos abordar 6 dicas importantes de como inovar no mundo corporativo. Prepare-se para aplicar nossas sugestões na sua empresa, obtendo resultados impressionantes e alavancando sua carreira!

1. Metodologias de gestão

Aqui vai uma dica que pode parecer surpreendente: não é preciso criar algo novo para inovar dentro de uma empresa. Você pode trazer inovação ao adotar algo que ainda não é muito explorado, por exemplo. Que tal incorporar um método de gestão diferente? Como sugestões, podemos listar o PDCA, o BSC e o GPD.

PDCA

O PDCA, sigla para Plan, Do, Check e Act, é uma metodologia de gestão baseada em 4 passos simples, mas extremamente eficazes: planejar, fazer, verificar e agir. O propósito é promover a melhoria contínua dos processos.

BSC

O BSC, sigla para Balanced ScoreCard, foca na avaliação do desempenho da empresa levando 4 aspectos em consideração: finanças, processos internos, clientes (internos e externos) e aprendizado organizacional. Com o BSC, é possível inovar em aspectos que, muitas vezes, não são diretamente visíveis aos stakeholders, mas que fazem toda a diferença no resultado final.

GPD

O GPD, sigla para Gerenciamento Por Diretrizes, está relacionado à gestão pela qualidade total. Trata-se de uma metodologia de estabelecimento de diretrizes que permitam à empresa planejar, executar e revisar mudanças. O foco está na inovação e na melhoria contínua, colaborando para a sustentabilidade do negócio no longo prazo.

2. Formação do time

Como ninguém faz nada completamente sozinho em uma empresa, ser um profissional que busca novidade e melhorias não vai adiantar muito se a equipe não sabe como inovar. A formação do time precisa, portanto, ser consciente.

Se você ocupa um papel de gestão e tem voz ativa sobre a seleção e o recrutamento de novos colaboradores, garanta que o perfil inovador seja um dos requisitos para qualquer contratação. Por outro lado, se você é um dos colaboradores e observa que os gestores da empresa não valorizam o perfil inovador, talvez seja hora de mudar de emprego. Lembre-se: empresas com esse tipo de gestão correm grandes riscos de naufragar diante de concorrentes mais abertos à mudança.

3. Motivação das equipes

Ainda hoje, são muitos os profissionais que pensam que a inovação está intrinsecamente ligada ao desenvolvimento de novos produtos. Na verdade, porém, muitas inovações estão relacionadas simplesmente ao aprimoramento ou à renovação de processos internos da empresa. E um dos melhores exemplos que podemos citar para esse caso é a questão da motivação das equipes.

Já houve um tempo em que essa motivação não era sequer uma preocupação para os gestores. Depois, passou-se a acreditar que toda a motivação estaria relacionada à questão salarial. Hoje, a preocupação com a motivação é voltada a seu aspecto mais humano, por meio de um bom ambiente de trabalho, de desafios e da possibilidade de crescimento profissional. Busque outras formas de motivação e ajude empresa a manter bons níveis de engajamento e produtividade dos colaboradores!

4. Ambiente de trabalho

Continuando na mesma linha de raciocínio, outra dica para aqueles que desejam inovar é focar na construção do ambiente de trabalho ideal. Esse é um ótimo ponto de partida, já que basta olhar em volta para qualquer profissional conseguir apontar pelo menos uma maneira de melhorar seu local de trabalho.

Só um detalhe: como o conceito de ambiente engloba desde a visão micro (aspectos como organização do espaço e ergonomia) até a visão macro (aspectos como as relações humanas e a cultura organizacional), adote uma abordagem ampla para essa tarefa!

5. Posicionamento da marca

Na prática, muitas empresas inovam sem mudar nada em seu produto ou em seus processos. Como isso é possível? Simples: voltando o foco para o posicionamento adequado da marca, permitindo assim que ela atinja um novo nicho de mercado, um público que ainda não é muito explorado.

Pense, por exemplo, em uma fabricante de sucos naturais. Seus processos são simples e seu produto não é nenhuma novidade. Porém, a partir do momento em que ela passa a focar no público que busca uma vida mais saudável, explorando a tendência fitness, consegue se destacar da maioria das outras empresas de suco, que usam ingredientes artificiais em seus produtos.

O que você precisa saber é que o potencial dessa estratégia de posicionamento de marca para gerar inovação continua altíssimo. Então pare por um minuto e pense na sua empresa. Como ela pode reinventar seu marketing para mudar a percepção dos consumidores sobre seus produtos?

6. Aquisição de conhecimentos

Não poderíamos encerrar uma lista de dicas para a inovação sem falar sobre o papel da atualização profissional. Devido ao dinamismo do mundo corporativo, você precisa dedicar algum tempo para acompanhar as mudanças, aprender novas técnicas, conhecer tendências e participar das discussões em andamento, de preferência levando esses tópicos para dentro da empresa.

Como você certamente sabe, existem muitas formas de adquirir conhecimento. O simples ato de acompanhar uma boa fonte de conteúdos (como um livro sobre gestão ou este blog) já enriquece seu repertório. Porém, se você realmente quer investir em sua carreira, destacando-se como um profissional inovador, faça um curso de especialização! Assim você terá a oportunidade de aprender mais tanto na teoria como na prática. O que ainda está esperando?

Quer receber mais dicas sobre como inovar no mundo corporativo? Então assine agora mesmo a nossa newsletter e acompanhe nossos próximos conteúdos!

 

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"