Guia: entenda o impacto de uma especialização em gestão com ênfase em finanças na sua carreira!

De um fato, ninguém mais duvida: a competitividade no mercado de trabalho está a cada dia mais acirrada. A instabilidade econômica pela qual o Brasil (e o restante do mundo) passa atualmente e a democratização do acesso ao ensino superior em nosso País são os principais fatores que influenciam essa tendência.

Hoje em dia, ter um diploma de graduação debaixo do braço deixou de ser um diferencial para ser praticamente uma exigência para a maioria dos postos de trabalho. Não por acaso, não são poucas as pessoas que têm investido em cursos de especialização nas mais diversas áreas de atuação, buscando potencial competitivo e incrementos no currículo.

Para quem trabalha na área de finanças, o cenário não é diferente. Empresas dos mais diversos setores e mercados estão em busca de profissionais especializados nessa área que possam, verdadeiramente, agregar valor e estabilidade às companhias, especialmente em cenários economicamente instáveis como os que vivemos atualmente.

Mas afinal, investir em um curso de especialização em gestão com ênfase em finanças realmente trará algum impacto à minha carreira? Como esse tipo de curso está estruturado e como ele é capaz de gerar potencial competitivo e simplificar minha rotina de trabalho?

Se essas são perguntas que estão rondando sua mente, não deixe de continuar a leitura de nosso post de hoje, pois é exatamente sobre isso que ele trata! Aqui você encontrará o Guia completo da especialização em finanças, com questões muito relevantes e que agregarão a você informações essenciais sobre esse assunto. Vamos lá?

1. Primeiramente: conheça o curso de especialização em gestão com ênfase em finanças

A primeira questão que deve estar muito clara em sua mente é o que é, afinal, um curso de especialização em gestão com ênfase em finanças. Embora muitas vezes sejam confundidos com um MBA ou com cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), a especialização é um tipo específico de curso, que possui uma abordagem única e exclusiva.

Os MBAs têm conteúdo programático focado na formação de líderes e são voltados a executivos que possuem, no mínimo, 5 anos de atuação como gestores. Já os cursos de mestrado e doutorado, embora tragam muitos conteúdos relevantes em suas grades curriculares, estão mais direcionados para aqueles profissionais que desejam seguir carreira acadêmica, como professores universitários ou pesquisadores de determinada área de atuação.

A especialização, por sua vez, é um curso voltado a quem tem menos experiência no mercado de trabalho (mínimo de dois anos) e tem sua grade curricular baseada no ensino teórico e prático, abordando assuntos que possuem grande aplicabilidade no dia a dia dos profissionais. Ou seja, você poderá colocar em prática praticamente tudo o que aprendeu durante uma especialização em sua rotina profissional.

E em relação a um curso de especialização em gestão com ênfase em finanças? Como, especificamente, ele está estruturado? Continue a leitura e descubra!

Estrutura do programa

Ao investir em uma especialização em finanças, você terá acesso a uma grade curricular que lhe permitirá atuar como gestor financeiro em empresas de qualquer porte e mesmo como autônomo, prestando consultoria financeira e de investimentos a pessoas físicas e jurídicas.

Durante a formação, você vai cursar disciplinas obrigatórias e eletivas, o que permite que cada aluno se especialize da maneira que mais lhe for conveniente. Entre as matérias obrigatórias, pode-se citar Contabilidade Financeira, Mercado de Finanças e Análise Econômica de Investimento. Já nas eletivas, você decidirá se pretende saber mais sobre Investimentos e Financiamentos, Gestão de Custos, Mercado de Finanças ou Competências Gerais na área, por exemplo.

Seja qual for o caminho que você pretenda seguir, uma especialização em finanças de qualidade tem o poder de englobar a compreensão, a aplicação e a análise dos alicerces financeiros que permitem a elaboração de planejamentos, controles orçamentários, estratégias de investimentos, financiamentos, políticas de dividendos e análise de riscos.

Se o curso ainda contar com estudos de cases reais de empresas, melhor ainda! Os cases são situações e problemas empresariais apresentados à turma. Em conjunto, os participantes debatem e discutem os casos com o objetivo de buscar as melhores soluções, baseados no conhecimento e nos aprendizados adquiridos em sala de aula.

Essa é, sem dúvida, uma das maneiras mais eficientes de integrar os conhecimentos teóricos adquiridos à realidade empresarial, potencializando sobremaneira a sua capacidade de enfrentar situações e problemas reais.

Além de cursar toda a carga horária do programa, no último módulo, os participantes devem elaborar um projeto e redigir um TCC (trabalho de conclusão de curso). O TCC é desenvolvido com base na reflexão da prática profissional, acompanhada de discussão teórica para entendimento e construção da solução de um problema/tema real e relevante. 

Professores, mentores e tutores

Por melhor e mais completos que sejam os conteúdos e disciplinas ministrados durante um curso de especialização em gestão com ênfase em finanças, a qualidade e os resultados obtidos com ele são extremamente dependentes do nível e experiência do corpo docente. O importante aqui é que, além de saberem passar seus conhecimentos de maneira apropriada, os professores sejam, antes de tudo, também profissionais da área de finanças com bastante experiência prática.

Por isso, de maneira geral, o corpo docente de cursos de especialização em finanças é composto de executivos de renome na área, com uma bagagem profissional extensa e que estejam dispostos a compartilhar a grande quantidade de conhecimento do mercado financeiro que possuem com seus alunos.

Assim, além de poder “absorver” conhecimentos, práticas e metodologias empresariais dos melhores no ramo, você, de quebra, ainda possui uma oportunidade única de ampliar consideravelmente o seu networking profissional.

Flexibilidade de tempo

A falta de tempo é um dos principais empecilhos para a grande maioria dos profissionais que desejam se especializar na área de finanças. E não é para menos! Com a rotina corrida, grandes quantidades de demandas profissionais a serem administradas diariamente e mais o tempo necessário para construir uma vida social e familiar satisfatória, mal sobra tempo para dormir, não é mesmo?

A boa notícia é que, justamente por essa ser a realidade dos profissionais que atuam no mundo corporativo, muitas instituições de ensino oferecem opções de cursos e especializações com programas flexíveis, que podem moldar-se às suas necessidades pessoais e que permitem que você chegue ao fim da especialização sem que, contudo, tenha que abrir mão de algo importante para você.

Assim, apesar de a carga horária mínima exigida para completar o curso seja a mesma para todos os alunos, você pode escolher se deseja cumpri-la durante a semana, no período da noite, ou nos finais de semana, por exemplo.

2. Conheça os 3 principais desafios do mercado financeiro — e saiba como o curso vai te ajudar a vencê-los!

Tanto a expansão acelerada da tecnologia, que invadiu a vida de todos em uma velocidade assombrosa, quanto os cenários econômicos bastante instáveis e voláteis dos últimos 10 anos, trouxeram mudanças significativas nos processos do mercado financeiro. Dentro desse contexto, há muitos desafios a serem superados pelo setor de finanças das empresas, com o objetivo de torná-lo, a cada dia, mais rentável e eficiente.

A boa notícia é que, sabendo da existência desses desafios e implementando mudanças reais para superá-los, é possível otimizar a gestão financeira de qualquer companhia e conseguir excelentes resultados. E é exatamente nesse ponto que investir em um curso de especialização em finanças pode fazer toda a diferença!

Isso porque os assuntos e conteúdos abordados nesse tipo de curso são extremamente atuais e alinhados aos desafios reais do mercado financeiro. Dessa maneira, ao concluí-lo você terá em suas mãos (e em sua cabeça) a receita para o sucesso.

Para exemplificar essa questão, abaixo listamos 3 dos principais desafios do mercado financeiro atual e explicamos como uma especialização em gestão com ênfase em finanças pode ajudá-lo a superar cada um deles. Confira:

Lentidão de processos

Apesar de a tecnologia estar chegando com toda a força ao setor financeiro das empresas, por meio de plataformas, aplicativos e ferramentas criadas especificamente para melhorar os processos de gestão financeira, a realidade é que grande parte dos processos dessa área ainda é feito manualmente. O resultado? Um nível elevado de lentidão na geração e análise de resultados e maior possibilidade de erros devidos a falhas humanas.

Partindo dessa realidade, a melhor solução, além do investimento em ferramentas especializadas, que otimizem e melhorem a fluidez dos processos, é também poder contar com gestores e analistas que saibam utilizá-las e manejá-las de maneira correta.

Ao ingressar em uma especialização em finanças, você ficará por dentro das ferramentas tecnológicas mais eficazes e atuais, e aprenderá a distinguir quais delas podem ser utilizadas em sua rotina de trabalho e quais não.

Instabilidade política e econômica

O atual cenário político-econômico de nosso País tem assustado os investidores, especialmente os estrangeiros. Recessão, aumento do desemprego, altas taxas de juros e de inflação e escândalos políticos são os principais motivos para os níveis crescentes de pessimismo.

Entretanto, para quem sabe analisar os cenários do mercado financeiro de maneira acurada, o momento também pode ser de oportunidades. Saber onde e como investir pode ser o diferencial entre o sucesso ou a derrocada de uma empresa.

Por isso, não são poucas as companhias que buscam poder contar com profissionais que saibam analisar corretamente o comportamento do mercado, fazendo previsões mais certeiras e investindo de maneira assertiva. E adivinha onde você pode aprender melhor sobre tudo isso? Se você pensou em um curso de especialização em gestão com ênfase em finanças, acertou em cheio!

Equívocos na tomada de decisões

Apesar de parecer um tanto quanto óbvio, são poucas as empresas que baseiam suas tomadas de decisões estratégicas em dados gerados pelo setor financeiro. Isso porque, muitas vezes, a coleta e análise de dados da área não é realizada da maneira correta. Ou então, os processos estão tão desorganizados ou defasados, que os resultados obtidos não são, absolutamente, confiáveis.

Por outro lado, ao se otimizar e acelerar os processos da área financeira de uma companhia, obtêm-se como resultado um enorme leque de dados altamente relevantes para o negócio. Sabendo analisá-los corretamente, é possível tomar decisões estratégicas corretas, bem como acompanhar de perto o desempenho de uma empresa ao longo do tempo, realizar replanejamentos, ajustar metas e definir objetivos de maneira muito mais acertada e eficiente.

Sendo um especialista em finanças, você poderá participar ativamente de todo esse processo. Isso porque, durante o curso, você aprenderá tudo sobre otimização e organização de processos de gestão financeira, bem como análise de dados e geração de relatórios confiáveis e que podem, efetivamente, contribuir para o sucesso de uma empresa.

3. Entenda como a especialização vai proporcionar um grande diferencial competitivo

Você, como um profissional antenado e atento às tendências do mundo corporativo atual, provavelmente já escutou ou leu muito por aí sobre a importância de se manter atualizado em sua área de atuação, não é? Basta navegar alguns minutos na internet para ficar sabendo de uma infinidade de cursos, palestras, workshops e congressos que prometem reviravoltas e viradas brilhantes em sua carreira.

Mas até que ponto isso é verdade? Investir tempo e dinheiro em cursos e especializações realmente traz benefícios reais à sua vida profissional?

A resposta para essa pergunta é sim, você pode realmente alavancar a sua carreira caso decida investir em sua formação. Porém, isso dependerá enormemente da qualidade da instituição escolhida e de seu nível de motivação para aprender novos conceitos e teorias de sua profissão. De nada adianta matricular-se no melhor curso do mercado se você não estiver motivado ou não tiver algum tempo semanal para dedicar-se com afinco.

Entretanto, caso você acerte em cheio na escolha de uma formação e a aproveite, de verdade, os resultados serão surpreendentes, pode acreditar. No caso de uma especialização em gestão com ênfase em finanças, o diferencial competitivo entre quem possui uma no currículo e quem não possui é enorme! Entenda o porquê:

Alta demanda por profissionais especializados

Apesar de o acesso ao ensino superior ter sido enormemente ampliado nos últimos anos, a verdade é que, paradoxalmente, vivemos em um cenário de falta de pessoal qualificado em diversas áreas de atuação. E a área de finanças é uma delas.

A crise econômica e financeira que o País atravessa requer que as empresas atuem de maneira inteligente e assertiva em relação às suas finanças e à sua gestão financeira. Do contrário, o risco de fecharem suas portas aumenta de maneira considerável. Planos de reestruturação financeira, organização tributária e controle de custos são altamente necessários à sobrevivência de uma companhia nos dias de hoje.

Tendo essa realidade em vista, fica fácil perceber que inúmeras empresas atualmente buscam profissionais especializados na área de finanças para fazerem parte de suas equipes. Assim, ter uma especialização em finanças em seu currículo o deixa, sem dúvidas, à frente de outros concorrentes na disputa por uma vaga no setor.

Incrementos salariais significativos

Citada como uma das principais vantagens quando o assunto é investir em formação profissional, a verdade é que, ao especializar-se em sua área de atuação, você poderá ter incrementos salariais bastante significativos.

Segundo dados coletados pela consultoria americana PayScale, quem conta com um mestrado, doutorado ou especialização em seu currículo ganha até 80% mais do que quem só possui uma graduação. E quando se analisa a área de Gestão de Finanças separadamente, os números são ainda mais interessantes. Nesse caso, a remuneração pode até mesmo dobrar!

Maiores possibilidades de crescimento profissional

Para construir uma carreira como gestor financeiro de sucesso, somente o conhecimento técnico da área não será suficiente. Além de teorias e metodologias, é necessário desenvolver também capacidades comportamentais e habilidades, essenciais a quem deseja ascender em seu caminho profissional: liderança, assertividade, proatividade, empatia, etc.

A grande sacada aqui é que, se você souber escolher uma especialização completa e de qualidade, saiba que também terá as características citadas acima, além de outras, aprimoradas e trabalhadas com profissionais especializados. Dessa maneira, além de se tornar um profissional melhor, você terminará o curso também como uma pessoa melhor. A boa notícia? Esse pode ser o empurrão que faltava para você crescer profissionalmente, galgando cargos elevados com o passar do tempo.

Abrindo o leque de atuação: o trabalho autônomo

Quando se fala em aumentar o potencial competitivo de um profissional, não se trata apenas de “engrossar” seu currículo em relação a outros concorrentes, mas também, de ampliar as possibilidades de caminhos profissionais que podem ser trilhados. E é exatamente isso o que acontece quando você se torna um especialista em finanças: você passa a poder atuar como profissional autônomo.

Apesar de essa não ser a escolha preferida de algumas pessoas, são muitos os que simpatizam com a ideia de serem seus próprios chefes, montando suas próprias rotinas e determinando suas horas laborais.

Como especialista em finanças autônomo, você pode prestar consultoria em finanças e investimento a pequenas e médias empresas e também a pessoas físicas, aconselhando e montando planos de investimento baseados em análises acuradas do mercado.

Ampliação do networking

Ao sair por alguns momentos das quatro paredes de seu escritório e passar a ter contato com outros profissionais de sua área, sejam eles colegas de aula ou os professores e tutores do curso, o seu networking profissional pode ser alavancado, caso você saiba aproveitar essa oportunidade.

Pessoas de diferentes regiões do País, que atuam em empresas dos mais diversos setores e dos mais diversos tamanhos passam a ter um contato mais íntimo, trocando ideias, informações e conhecimentos que podem ampliar a sua bagagem de experiência profissional de uma maneira que você jamais imaginou. Isso sem contar que, ao criar laços verdadeiros com profissionais de sua área, você pode ficar por dentro de oportunidades e até ser indicado para algum cargo de gestão mais elevado.

4. Saiba como o curso de especialização vai simplificar a rotina do trabalho com finanças

Maior prestígio profissional, maior diferencial competitivo e, quem sabe, até um maior salário. Como você pôde perceber ao longo da leitura do post de hoje, tudo isso pode ser o resultado de se tornar um especialista em finanças. Porém, apesar de todas essas questões parecerem extremamente atrativas e suficientes para que você se decida de vez a se matricular em um curso de especialização, saiba que as vantagens não acabam por aí!

Na verdade, o maior benefício que essa formação pode trazer a você e à sua vida profissional é a incrível diferença que os conhecimentos adquiridos em sala de aula farão quando aplicados à sua rotina de trabalho.

Simplificação e otimização. Essa são duas palavras que soam como música para qualquer gestor financeiro, certo? E não é para menos! Em meio à imensa quantidade de dados financeiros a serem coletados todos os dias, bem como à complexidade de cálculos, análises de resultados e tomadas de decisões estratégicas para o setor, muitos profissionais se veem “engolidos” pelas demandas e estão sempre correndo contra o relógio.

Entretanto, ao investir em uma especialização em gestão com ênfase em finanças você vai adquirir conhecimentos valiosíssimos e que, quando postos em prática em seu dia a dia, são capazes de promover grandes transformações. Ao aprender a como otimizar processos, utilizar ferramentas adequadas que simplifiquem rotinas, delegar corretamente tarefas à equipe, trabalhar melhor em grupo e fazer análises corretas e certeiras do setor financeiro, as taxas de erros e equívocos e, consequentemente, de retrabalhos, diminuirão sensivelmente.

Além disso, ao discutir em sala de aula soluções para problemas e situações reais, por meio de cases apresentados, você poderá agir de maneira muito mais ágil e certeira quando cenários iguais ou semelhantes surgirem em seu trabalho. O resultado conjunto de todas essas melhorias poderá ser visualizado e comprovado rapidamente, com uma maior produtividade nas tarefas, maiores taxas de acertos e alcance de objetivos, retornos reais à empresa e o melhor de tudo: maior tranquilidade, serenidade e assertividade em suas decisões como gestor.

Hoje em dia, com a rotina acelerada e corrida da grande maioria dos profissionais, tomar a decisão de investir em formação profissional, ingressando em um curso de especialização em finanças, pode se revelar desafiador e difícil. Porém, como você pôde comprovar ao longo do nosso post de hoje, as vantagens de fazer isso são inegáveis.

Além disso, a possibilidade de encontrar opções de cursos com horários mais flexíveis permite que até o mais ocupado e atarefado dos profissionais possa encaixar uma formação como essa em sua agenda apertada. Por isso, se você está em busca de aprimoramento e ascensão profissional, não perca mais tempo! A especialização em gestão com ênfase em finanças mais adequada para você está à sua espera!

Se você gostou desse conteúdo e acha que trouxe informações importantes e relevantes para você e sua vida profissional, não deixe de assinar a nossa newsletter! Assim, você receberá todo o conteúdo publicado em nosso blog em primeira mão, diretamente em sua caixa de entrada!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"