Pós-graduação em gestão: o que as empresas esperam dessa especialização?

Buscar uma especialização após a graduação se tornou rota obrigatória no caminho a ser trilhado rumo ao sucesso. Mas qual é a melhor escolha, tendo em vista as opções do mercado e os objetivos a serem alcançados na vida profissional?

Neste post, você descobrirá porque a pós-graduação em gestão pode ser a escolha perfeita quando o assunto é alcançar o sucesso na carreira. Mais importante, revelaremos que talentos e competências as empresas procuram em um profissional pós-graduado em gestão.

Está preparado? Então descubra abaixo por que as empresas estão cada vez mais interessadas em profissionais com especialização em gestão!

Quem cursa pós-graduação em gestão trilha seu próprio caminho

Atualmente, é observada uma mudança crescente na responsabilidade pelo desenvolvimento profissional. É o que afirma Samir Lofti Vaz, professor dos cursos de especialização da Fundação Dom Cabral. “No passado, havia uma atuação muito grande por parte das próprias empresas nas decisões de formação dos executivos. Hoje em dia, cada vez mais as pessoas vêm se tornando protagonistas da sua própria carreira em desenvolvimento”, diz.

Segundo Samir, as mudanças nas relações de trabalho e a evolução do mercado em âmbito global deram origem a um novo tipo de profissional. “Hoje, a evolução é proativa e não reativa. A sede de aprendizado parte de baixo para cima, enquanto antes ela vinha de cima para baixo. As pessoas faziam uma especialização a pedido do chefe. Já hoje, o processo é inverso”, completa. Dentro desse contexto, profissionais que buscam uma pós-graduação são bem mais criteriosos na escolha dos programas que desejam cursar.

Fazer uma especialização em gestão é uma oportunidade que os profissionais e as empresas têm de aprimorar suas competências. Afinal, no mercado atual, os executivos são os gestores de suas próprias carreiras. É daí que surge a expectativa das empresas por profissionais não apenas capacitados, mas também com uma visão crítica e sistêmica de mundo.

Mas que qualidades e skills específicas são esperadas de um profissional que acaba de deixar uma pós-graduação em gestão? Continue com a gente e descubra as competências que as empresas estão buscando no mercado.

Capacidade de tomada de decisões, de olho no hoje e no amanhã

O fluxo organizacional de empresas está em constante mutação. Novas tecnologias e novos processos surgem a cada dia. Mercados se transformam e se reinventam, com o surgimento de paradigmas muitas vezes difíceis de acompanhar. Nesse cenário, é preciso sabedoria e jogo de cintura na tomada de decisões.

“Hoje, as empresas esperam que os profissionais sejam capazes de solucionar problemas complexos, que muitas vezes envolvem um número amplo de variáveis. Isso deve ser feito com um olhar sistêmico, ou seja, a visão deve estar focada em toda a cadeia produtiva a curto, médio e longo prazo”, afirma Samir Lofti.

“As empresas têm a expectativa de que especialistas apliquem novas práticas no cotidiano. Mas elas também querem que essas ferramentas sejam aplicadas no futuro, que contribuam para o futuro das empresas. O profissional precisa fazer o futuro acontecer no presente. E isso exige uma formação que vá além das demandas atuais, lidando com desafios que talvez nem existam ainda”, completa.

Senso crítico e adaptativo em um mundo globalizado

Justamente por atuarem em um mercado que muda e evolui a todo momento, as empresas exigem profissionais que tenham uma capacidade ampla de adaptação. Novos desafios demandam um senso crítico, a capacidade de lidar com situações multiculturais em um universo plural.

Aqui, a globalização também se mostra como um elemento importante na especialização profissional. Em um mundo onde o mercado não tem fronteiras, a visão global se torna essencial, indo bem além do domínio do idioma. É preciso dominar técnicas, ferramentas e processos que possam ser aplicados tanto em pequenas empresas no Brasil quanto em multinacionais no exterior.

Criatividade para resolver conflitos e superar desafios

Os mercados estão se tornando muito dinâmicos e a atuação dos gestores está cada vez menos previsível. “Em um mundo onde as máquinas vêm ganhando cada vez mais autonomia, a criatividade talvez seja a competência mais valorizada”, opina o professor Samir Lofti. Inerentemente humana, a criatividade proporciona profissionais não apenas versáteis, mas também propositivos e inovadores. E que melhor método para estar à frente da curva, senão pela inovação?

Atualmente, profissionais capazes de aplicar conceitos técnicos de forma prática são os mais valorizados dentro do fluxo organizacional. Empresas valorizam a habilidade intuitiva de adequar o que foi aprendido em sala de aula, dentro de um contexto definido e em um momento específico. “Hoje em dia, empresas não buscam profissionais que vão apenas tocar planos e acolher demandas feitas de cima para baixo”, reitera Samir. “Elas buscam pessoas com autonomia para propor mudanças, apontar oportunidades, levantar questões que ainda não são discutidas atualmente”, completa. Além de aplicar os conhecimentos adquiridos com a especialização, no dia a dia.

Trabalho colaborativo: lidar com diferentes personalidades na busca por resultados

Equipes multidisciplinares exigem um pensamento multidisciplinar em gestão. Para o professor da FDC, Samir Lofti Vaz, gestores de sucesso devem facilitar o inter-relacionamento pessoal e a convivência colaborativa na carreira. Mais do que lidar com as diferenças, empresas buscam executivos capazes de valorizar essas diferenças, sempre com a visão de que o todo é maior do que a soma das partes.

Aqui, o networking e a troca de experiências adquiridas durante uma especialização em gestão podem ser os grandes diferenciais na hora de garantir aquela sonhada vaga.

Transdisciplinaridade: saber transitar por diferentes áreas do conhecimento

Hoje, profissionais capazes de transitar por diferentes conhecimentos e atuações têm um lugar especial dentro das empresas. Em um mundo onde o fluxo organizacional deixa de ser linear e as carreiras seguem padrões além da verticalização tradicional, gestores de sucesso precisam adquirir e aplicar conhecimentos diversos no ambiente de trabalho.

Por isso, é esperado dos profissionais que completam uma pós-graduação um pensamento intuitivo e divergente, que ultrapasse os conceitos tradicionais. Para “pensar fora da caixa”, é necessário adquirir competências práticas e técnicas do business como um todo, que vão além de uma área definida de atuação.

O olhar sistêmico tão valorizado pelo mundo corporativo é uma consequência do pensamento transdisciplinar, que transita por todas as áreas do conhecimento empresarial. Um profissional com perfil técnico em finanças precisa dominar conceitos de Recursos Humanos e vice-versa, e ambos precisam conhecer as nuances do mercado em que esses processos estão inseridos.

Pós-graduação em gestão: a chave para o sucesso profissional

Em um mercado dinâmico e em constante transformação, a autonomia do profissional de gestão é buscada pelas organizações para que os funcionários se tornem co-responsáveis pelo futuro da empresa. No fim das contas, um gestor de sucesso deve propor mudanças, apontar oportunidades e levantar questões que ainda não são discutidas pelo mercado.

Para isso, é essencial que você busque na pós-graduação em gestão as ferramentas e práticas que o transformem em um ativo indispensável para sua empresa. Então mãos à obra!

Agora você já sabe o que procurar na hora de escolher uma boa especialização em gestão. Quer saber tudo sobre os cursos de especialização da Fundação Dom Cabral? Então assine a nossa newsletter!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"