Postura profissional: 7 sinais de que você precisa melhorar a sua

A maioria dos profissionais que buscam progredir na carreira preocupam-se com questões como a formação acadêmica ou a construção de uma rede forte de networking. E não há dúvidas de que esses são aspectos importantes! Porém, eles terão pouco resultado se você não apresentar uma postura profissional adequada.

O grande dilema, então, é saber se você tem a postura profissional que as empresas buscam. É difícil realizar essa autoanálise de maneira objetiva e honesta. Para ajudá-lo na tarefa de identificar os pontos que merecem mais atenção, selecionamos uma lista com 7 sinais de que você precisa melhorar sua postura. Confira!

1. Seus colegas de equipe não demonstram interesse em ajudá-lo no trabalho

Se, mesmo quando você comenta que está com uma grande sobrecarga de trabalho, seus colegas de equipe não se oferecem para ajudar, cuidado. Talvez o problema não seja com a postura profissional deles, mas com a sua.

Será que você demonstra ser individualista e, assim, afasta o restante da equipe? Ou será que você tenta dominar seus colegas, forçando sua própria opinião sobre como as atividades devem ser realizadas? Esse tipo de atitude faz com que seus colegas evitem qualquer situação de colaboração com você.

2. Seu gestor nunca faz qualquer crítica

Não receber críticas do gestor parece ser, à primeira vista, algo muito bom. Você é um talento e tem sucesso em tudo que faz. Mas, se você nunca recebe nenhum feedback negativo, talvez exista um motivo um pouco diferente.

Você pode ficar surpreso, mas existem gestores que são tímidos e fogem de confronto. Nesse caso, se ele sentir que você não é receptivo a críticas construtivas, ele pode omitir o feedback simplesmente para evitar um clima ruim. Em outras palavras, ele gostaria de pedir para que você mude alguma coisa na sua forma de trabalhar mas, devido à sua postura profissional fechada ou agressiva, não consegue reunir a coragem necessária.

Vale a pena ressaltar que, nesse caso, além da sua postura prejudicar seu crescimento na empresa, também será um obstáculo para sua evolução de modo mais geral. Afinal, o feedback negativo, desde que com uma função construtiva, é indispensável para alcançar novos patamares profissionais.

3. Você não é convidado para projetos novos e especiais

Você até gostaria de fazer parte de algo diferente, mas seu gestor nunca oferece a oportunidade. Esse pode ser um sinal de que você não está preparado ainda, em termos de conhecimento e habilidade prática. Por outro lado, também pode ser um sinal de que há algum problema com a sua postura profissional. 

Geralmente, projetos diferenciados só são colocados nas mãos dos colaboradores que demonstram maior responsabilidade, comprometimento, organização. Então, suas chances diminuem consideravelmente se você é do tipo que está sempre atrasado, vive perdendo documentos ou confundindo os horários de reuniões.

4. Você não recebe informações de caráter confidencial

Se você está na empresa há algum tempo e tem uma boa relação com o gestor, mas ele nunca compartilha informações com você, talvez sua postura profissional tenha deixado a desejar no quesito discrição. 

Todo gestor gosta de ter um colaborador de confiança, para trocar opiniões e pontos de vista. No entanto, para que isso seja possível, ele precisa ter 100% de certeza de que você não vai compartilhar essas informações com o resto da equipe. Portanto, se ele notar que você gosta de participar das rodas de fofocas, logo vai cortá-lo da lista de confidentes.

5. Quando os colegas estão com problemas, eles nunca procuram sua ajuda

Dentro de uma equipe, sempre encontramos um ou dois membros que são referência para os demais. Isso significa que, quando alguém encontra alguma dificuldade, eles buscam o conselho ou o auxílio desse colega que possui traços de liderança. Seus colegas nunca procuram sua ajuda? Então, você deve mudar algo em sua postura profissional, para se destacar dentro do grupo.

Fique atento às características de um líder; você precisa desenvolvê-las. Alguns exemplos são a calma diante de decisões, o foco em soluções, o perfil mediador e a atitude “vamos juntos” (ou seja, de arregaçar as mangas para ajudar sempre que necessário). Se você incorporar esses traços ao seu comportamento, naturalmente será mais procurado por seus colegas e passará, de maneira orgânica, a ocupar um espaço de liderança dentro do time.

6. Você é sempre o último a notar que algo está acontecendo

A empresa vai oferecer um treinamento, mas você só fica sabendo no próprio dia. Existe uma nova regra de segurança, mas você não escuta nada sobre ela, até levar um “puxão de orelha” do seu gestor. Talvez seja uma falha de comunicação interna? É possível. Porém, se você repetidamente observa que é o último a saber de tudo, talvez seja uma questão de postura profissional inadequada.

Nesse caso, o problema é falta de engajamento. Sim, é responsabilidade da empresa manter seus colaboradores informados. Entretanto, os colaboradores também precisam ter iniciativa e interesse, buscar informações, envolver-se ativamente com a vida dentro da organização.

Não se esqueça de que o engajamento é uma característica muito valorizada pelas empresas, pois ela é um aspecto da confiança. Em outras palavras, do ponto de vista do empregador, é mais fácil confiar em um colaborador que demonstra estar comprometido; ele tem menos chances de abandonar a organização em um momento crítico. Por esse motivo, o engajamento é um fator para o crescimento profissional.

7. Você passa a maior parte do tempo fazendo comentários pejorativos

Fazer considerações é normal, até mesmo saudável, pois demonstra atenção e senso crítico. Porém, se você passa a maior parte do seu tempo reclamando, esse é um sinal absoluto de postura profissional inadequada. E tenha certeza de que esse comportamento não passa desapercebido para seus gestores.

Se você reclama apenas por hábito, procure mudar seu foco para coisas positivas da empresa. Se você reclama porque essa também é a principal atividade do seu grupinho de colegas, cuidado; é melhor se afastar de pessoas que exercem uma má influência sobre o seu comportamento. Finalmente, se o motivo é que você está mesmo insatisfeito, reclamar não vai resolver o problema. Em vez disso, talvez seja hora de buscar algo novo para sua vida profissional!

Fique atento aos sete sinais que destacamos aqui e você poderá melhorar sua postura profissional para se tornar um colaborador mais valorizado dentro da empresa. Quer conferir outras dicas práticas para alavancar sua carreira? Assine a newsletter da Fundação Dom Cabral e acompanhe nossos conteúdos!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"