Recolocação profissional: como uma pós-graduação pode ajudar?

Comércio retraído, mercadorias encalhadas no estoque, inflação, juros altos: esses (e tantos outros) sintomas da crise financeira afetam diretamente os trabalhadores. E o problema não é visto só na hora de pagar as compras no caixa! Com os bolsos vazios, a população acaba consumindo menos, o que afeta a produção das empresas e arrasta milhões de trabalhadores para o desemprego.

Diante desse cenário, como conseguir a recolocação profissional? Que diferenciais podem garantir aquela tão sonhada vaga? Se essa é a sua situação no momento, este post foi feito especialmente para ajudá-lo! Aqui você vai descobrir o que as empresas realmente procuram e como se preparar para aumentar suas chances de conseguir o emprego desejado. 

O que as empresas procuram hoje em dia?

Você pode até achar que se preocupar com seus próprios problemas já dá bastante trabalho e que as empresas devem cuidar dos delas, não é mesmo? Infelizmente, esse pensamento está errado!

Assim como os trabalhadores, as organizações também enfrentam uma série de problemas com a crise. Afinal, para produzir, elas têm que arcar com uma grande quantidade de despesas, de gastos com folha de pagamento e quitação de impostos, a reposição de matéria-prima e a atualização de maquinário. A solução para cobrir esses custos e ainda gerar lucro é efetivamente vender as mercadorias produzidas ou fechar contratos de prestação de serviço. O detalhe é que, em tempos de crise, as vendas simplesmente não acontecem.

Em meio a tudo isso, o que as organizações buscam? A palavra-chave é produtividade! As organizações normalmente escolhem manter em seus quadros (e até contratar) aqueles colaboradores que conseguem render mais, produzindo mais em menos tempo e, de preferência, com mais qualidade. Para conseguir a recolocação profissional, portanto, é fundamental ser mais produtivo. Como? O caminho mais seguro e assertivo é apostar na qualificação profissional, especialmente por meio dos cursos de pós-graduação.

Como a pós-graduação ajuda na recolocação profissional?

Funciona como um diferencial no currículo

Principalmente em tempos de instabilidade econômica, não são poucos os profissionais que decidem adiar ou mesmo cancelar seus planos de especialização. Pois justamente essa pausa, que é um erro da parte deles, pode se transformar em oportunidade para você. Afinal, enquanto todos colocam o pé no freio, você mostra que possui um diferencial, escolhendo acelerar seu investimento no desenvolvimento de competências.

Assim, quando os recrutadores saírem em busca de candidatos para ocupar essa ou aquela vaga, pode ter certeza de que o seu currículo terá grandes chances de se destacar não só por seus conhecimentos acumulados, mas por sua demonstração de proatividade.

Transforma o profissional em especialista

Dentro de uma mesma área de conhecimento ou de uma profissão, existem funções segmentadas, certo? E esse é um dos motivos que fazem com que o curso de pós-graduação adquira uma relevância ainda maior. Enquanto o Ensino Superior forma profissionais generalistas, que dominam sua área de maneira ampla, mas superficial, o especialista adquire conhecimentos complementares, passando a enxergar seu campo com muito mais profundidade.

Por isso, ele consegue pensar em soluções para problemas que uma formação básica não ensinaria, domina técnicas sequer mencionadas em um curso de graduação e desenvolve competências que vão além das convencionais.

Oferece conhecimentos aplicáveis

Em sua faculdade, você provavelmente fez uma série de disciplinas teóricas relacionadas a uma base comum dos cursos, variando de acordo com as áreas de Exatas, Humanas ou Biológicas. Mas o fato é que, embora deem um suporte para a construção de novos saberes, não são aplicáveis diretamente ao exercício da profissão.

Na pós-graduação, a realidade é outra. Nesse caso, o foco se volta para a aquisição de conhecimentos realmente aplicáveis à prática profissional. Além disso, o corpo docente costuma ser formado não apenas por acadêmicos e pesquisadores, mas também por profissionais mais familiarizados com o mercado, reconhecidos por sua notória bagagem e que, por isso, compartilham métodos e técnicas que garantiram seu sucesso e que (por que não?) podem também garantir o seu!

Expande possibilidades na gestão de negócios

Em diversas áreas de atuação, os alunos que terminam o Ensino Superior saem sim com conhecimento suficiente para iniciar sua jornada profissional. Porém, à medida em que avançam em suas carreiras, muitos descobrem que, além de dominar as técnicas referentes à sua profissão, precisam saber como gerir um negócio.

Quer tenham se formado em Medicina, Odontologia ou Gastronomia, esses profissionais descobrem em seu dia a dia que precisam deter conhecimentos voltados à administração empresarial. Aí entram princípios de administração, de seleção de funcionários, atendimento ao cliente, marketing e gestão financeira, que são cruciais para o crescimento. Não sabendo aplicá-los, por melhores que esses empreendedores sejam em seus ramos de atuação, o resultado é um só: o negócio afunda.

Para assegurar a sustentabilidade na profissão, a saída está, mais uma vez, na pós-graduação. Com esses cursos, é possível obter conhecimento de forma prática e rápida, atendendo às demandas do mercado e aliando técnica e gestão. Alguma dúvida de que assim ficará muito mais simples se recolocar?

Amplia o networking

Ao investir em uma formação continuada, você terá contato com outros profissionais do setor, o que automaticamente amplia seu networking. Além de trocar experiências que podem ser muito úteis ao seu aprendizado, essa rede de contatos coloca seu nome no mapa das indicações para melhores oportunidades de trabalho.

Demonstra vontade de crescer

O mercado mudou muito nos últimos anos, nas mais diversas áreas. O surgimento de novas técnicas, o aprofundamento de pesquisas e o avanço tecnológico, por exemplo, são fatores que impactaram grande parte das profissões. E a tendência é que essa característica se acentue. Pense bem: que empresa quer em seu quadro de colaboradores um indivíduo estagnado, que não busca se atualizar, desenvolver e renovar competências?

Apostar em uma pós-graduação revela que você é um profissional que reconhece essa necessidade e está disposto a investir seu disputado tempo (e seus recursos) em participar da evolução do mercado, correndo atrás de um desempenho cada vez mais melhor. Aí está o tipo de colaborador que toda empresa quer!

Entendeu como a pós-graduação é importante para potencializar suas chances de recolocação profissional? Quer saber mais sobre o que você pode fazer para impulsionar sua carreira? Então não perca tempo! Siga-nos no Facebook e no Twitter e fique por dentro das novidades!

 

1 Comentários

  1. Julyenne Santanasays:

    Importante a contribuição que a fundação dá para o desenvolvimento profissional das empresas.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"